Postagens populares

Lançamentos do Mês Outubro #6

17 de outubro de 2017 Nenhum comentário



Continuando com os lançamentos de cada mês, selecionei algumas obras que já foram lançadas ou estão em pré-venda este mês. Espero que gostem! E tem o tão aguardado do Green! E o mais novo lançamento da querida e maravilhosa J.K Rowling! 









Tartarugas Até Lá Embaixo




Depois de seis anos, milhões de livros vendidos, dois filmes de sucesso e uma legião de fãs apaixonados ao redor do mundo, John Green, autor do inesquecível A culpa é das estrelas, lança o mais pessoal de todos os seus romances: Tartarugas até lá embaixo.

A história acompanha a jornada de Aza Holmes, uma menina de 16 anos que sai em busca de um bilionário misteriosamente desaparecido – quem encontrá-lo receberá uma polpuda recompensa em dinheiro – enquanto lida com o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC).

Repleto de referências da vida do autor – entre elas, a tão marcada paixão pela cultura pop e o TOC, transtorno mental que o afeta desde a infância –, Tartarugas até lá embaixo tem tudo o que fez de John Green um dos mais queridos autores contemporâneos. Um livro incrível, recheado de frases sublinháveis, que fala de amizades duradouras e reencontros inesperados, fan-fics de Star Wars e – por que não? – peculiares répteis neozelandeses.



Jogo de Espelhos




Naomi, Rose, Leo e Red são adolescentes enfrentando aquela fase em que se relacionar no colégio é tão difícil quanto encarar os próprios problemas. Red tem uma mãe alcoólatra e um pai ausente; o irmão de Leo está na prisão; Rose usa sexo e drogas para mascarar traumas antigos e Naomi se esconde atrás de peruca e maquiagem pesada. 
Quatro adolescentes tão diferentes viram melhores amigos quando são obrigados a formar uma banda. O que era uma tarefa chata vira a famosa e popular Mirror, Mirror. Através da música, eles encontram um caminho para encarar o mundo de outra forma. 
Mas tudo desmorona quando Naomi some misteriosamente e é encontrada, dias depois, entre a vida e a morte. O acidente desestrutura a banda e, consequentemente, a vida de todos. A sólida relação de amizade que eles achavam estar construindo tinha uma rachadura, e tudo o que restam são dúvidas e vazios. O que aconteceu com Naomi? Foi um acidente ou um ataque? Por que ela fugiria e deixaria a banda para trás? Por que esconderia segredos dos seus melhores amigos? Para desvendar o mistério por trás dessa história, Red e os amigos entram em uma investigação que vai desenterrar seus próprios segredos obscuros e fazê-los confrontar a diferença entre o que eles realmente são de verdade e a imagem que passam para o mundo.
Em seu romance de estreia, a modelo e atriz Cara Delevingne revela mais um talento ao apresentar um olhar fresco e sagaz sobre questões atuais da juventude: amizade, bullying, identidade, gênero, transtornos emocionais, a influência perigosa das mídias sociais nas relações e o poder destruidor da imagem.





Herdeiros de Drácula





Drácula, de Bram Stoker, é a mais famosa história de vampiro já escrita, embora não tenha sido a primeira a descrever a malignidade dos mortos-vivos — muito menos a última.
Em comemoração aos 120 anos de publicação de Drácula, esta antologia única reúne 25 contos raros escritos entre 1867 e 1940 por autores igualmente geniais, como Sir Arthur Conan Doyle e M.R. James.
Herdeiros de Drácula é um verdadeiro banquete para todos os aficionados por literatura fantástica e sobrenatural, um delicioso mergulho na história desses seres fascinantes e assustadores.


Vidas Muito Boas




“Como podemos aproveitar o fracasso?” “Como podemos usar nossa imaginação para melhorar a nós e os outros?”. J.K. Rowling responde essas e outras perguntas provocadoras em Vidas muito boas, versão em livro do famoso discurso de paraninfa da autora da série Harry Potter na Universidade de Harvard, que chega às livrarias brasileiras no dia 7 de outubro. Baseado em histórias de seus próprios anos como estudante universitária, a autora mundialmente famosa aborda algumas das mais importantes questões da vida com perspicácia, seriedade e força emocional. Um texto cheio de valor para os fãs da escritora e surpreendente para todos que buscam palavras inspiradoras.


Orgulho e Paixão (MacGregors #3)





Uma mulher vibrante e criativa que não quer um envolvimento amoroso. Um homem paciente, determinado e que tem todos os passos de seu futuro traçados. Um amor que nasce de uma atração improvável, mas inegável.

Shelby Campbell é uma mulher única que sempre fugiu dos padrões estabelecidos para as mulheres que fazem parte do cenário político de Washington. E ela tem uma regra clara: nunca se envolver com políticos. Até conhecer Alan MacGregor, e entender que regras servem para ser quebradas. Alan está determinado a conseguir o que quer, e não vai deixar uma disputa de séculos entre os MacGregor e os Campbell ficar entre ele e o grande prêmio: o coração de Shelby.

Sequência da série MacGregor, Orgulho e paixão narra uma nova história da família que acha que está no topo do mundo, que vivem entre o poder e a glória. Até que os seus corações sejam roubados.


Pode encontrar todos os livros AQUI.


Um Grande Abraço e ti Espero no Próximo Post!






Estante Virtual lança campanha em homenagem ao Dia do Professor

11 de outubro de 2017 1 Comentário

Depoimentos publicados no portal, a partir desta semana, foram selecionados a partir do post interativo “Qual professor marcou mais sua vida?”, que conquistou centenas de interações nas redes sociais 

Com a #aomestredocarinho, a Estante Virtual (www.estantevirtual.com.br), portal que comercializa livros usados e novos, preparou uma homenagem para o Dia do Professor. A partir desta semana, serão publicados em seu site e nas redes sociais depoimentos gravados com professores do ensino fundamental à graduação, que são estrelas em salas de aula de todo o Brasil e até na internet. Segundo levantamento do portal, esse é um público significativo entre os compradores, representando 60% dos livros vendidos. 

Selecionados a partir do post interativo “Qual professor marcou mais sua vida?”, que conquistou mais de 300 interações nas redes sociais, ex-alunos também deram depoimentos contando vivências do dia a dia, desafios enfrentados no ambiente escolar e como alguns professores fizeram a diferença.  

A campanha lançada nas redes sociais revelou histórias incríveis, contadas por alunos e ex-alunos, com relatos sobre professores que precisam ser lembrados. A partir daí, buscamos a voz de professores para revelar como é estar nesse papel. Gravamos todos esses depoimentos para que essa vivência fundamental possa ser conhecida pelo público”, destaca Erica Cardoso, gerente de Marketing da Estante Virtual.

Criada em 2005, a Estante Virtual, que já ultrapassou a marca de 17 milhões de livros vendidos em todo o país, é o mais democrático e-commerce brasileiro de livros, sendo reconhecida por exaltar a literatura e a arte brasileira. Formada por uma rede que integra 2.600 pequenas livrarias, a plataforma on-line vende livros novos, seminovos e usados, a partir de R$ 3,00 (três reais).


Flavia Perez
(21) 3461-4616 • r 106 | (21) 99470-6660 | (11) 3846-5787 


cid:image001.png@01D229FD.51616DD0

Estante Virtual seleciona livros para o Dia das Crianças

5 de outubro de 2017 Nenhum comentário
Curadoria do site reúne publicações a partir de R$ 3, divididas por faixa etária e destaca clássicos da literatura em quadrinhos

Está chegando o Dia das Crianças e nada melhor do que proporcionar novas aventuras aos pequenos leitores. Para ajudar na tarefa de escolher o livro ideal, a Estante Virtual (www.estantevirtual.com.br) preparou uma lista com títulos divididos por faixa etária, garantido, assim, o sucesso do presente. A curadoria também reúne grandes clássicos da literatura nacional em quadrinhos e histórias dos tempos dos papais e mamães.

“Fizemos uma vasta pesquisa em nosso acervo e selecionamentos os livros de acordo com cada fase de aprendizado. É através dos livros que os pequenos descobrem novos mundos, que o vocabulário se amplia, que as ideias diversificam. Por meio da leitura aprendem a observar, refletir, sintetizar e criticar. Ajudar uma criança a desenvolver o interesse pela leitura desde cedo é plantar uma semente para um mundo melhor”, acredita Erica Cardoso, gerente de marketing da Estante Virtual.  

Para crianças entre três e cinco anos, quando o vocabulário da fica mais amplo, é bom ler as histórias e pedir a colaboração delas para ajudar a recontá-las. Por isso, foram selecionados títulos como “Mico Maneco”, de Ana Maria Machado, “Chapeuzinho Amarelo”, de Chico Buarque, e “Arca de Noé”, de Vinícius de Moraes. Já para os leitores de cinco a oito anos, quando eles começam a ter mais interesse pelo significado das coisas, a curadoria indica o clássico “O Pequeno Príncipe”, de Antoine de Saint-Exupéry, “O caracol viajante”, de Sônia Junqueira, e “O menino do dedo verde”, de Maurice Druon, entre outros.

Com a chegada da pré-adolescência, entre nove e 12 anos, a criança quer ser estimulada a refletir, sintetizar, observar, analisar e criticar. Para incentivar as novas descobertas, títulos como “O livro dos porquês”, de vários autores, “A droga do amor”, de Pedro Bandeira, e “O mais sensacional atlas do mundo todo” podem ser boas sugestões. Já os maiores de 12 anos, que são estimulados a ingressar nos grandes clássicos da literatura, ganham um presente especial: uma seleção de histórias como “O homem que sabia javanês”, de Lima Barreto, “O cortiço”, de Aloísio Azevedo, e “A cartomante”, de Machado de Assis, todos na versão em quadrinhos – tornando a leitura ainda mais agradável e amigável. 

Para pais e mães que querem compartilhar com os pequenos as histórias que marcaram suas vidas, a Estante Virtual também oferece uma excelente oportunidade. A curadoria selecionou livros como “Vinte mil léguas submarinas”, de Julio Verne, “Pluft, o fantasminha”, de Ana Maria Machado, “A mina de ouro”, de Maria José Dupré”, e “O escaravelho do diabo”, de Lúcia Machado de Almeida.

Criada em 2005, a Estante Virtual, que já ultrapassou a marca de 17 milhões de livros vendidos em todo o país, é o mais democrático e-commerce brasileiro de livros, sendo reconhecida por exaltar a literatura e a arte brasileira. Formada por uma rede que integra 2.600 pequenas livrarias, a plataforma on-line vende livros novos, seminovos e usados, a partir de R$ 3,00 (três reais).

Informações para a imprensa:
APPROACH COMUNICAÇÃO
Tel.: (21) 3461-4616
Adriane Constante adriane.constante@approach.com.br  R. 133
Bianca Gomes Sallaberry bianca.gomes@approach.com.br R. 164




Símbolo na defesa da cultura, poeta Aroldo Pereira recebe o título Doutor Honoris Causa da Unimontes

Nenhum comentário

Aroldo PereiraDHC

“Recebo este título com a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranqüilo”. Com esta frase do compositor Walter Franco, o poeta e escritor norte-mineiro Aroldo Pereira expressou o seu sentimento ao receber o título de Doutor Honoris Causa, da Universidade Estadual de Montes Claros, em sessão solene do Conselho Universitário da Unimontes, nessa terça-feira (3/10).
A cerimônia, realizada no auditório Mário Ribeiro da Silveira (prédio 6 do campus-sede), foi presidida pelo reitor, professor João dos Reis Canela, ao lado do vice-reitor Antonio Alvimar Souza. Além de autoridades, integrantes da gestão superior, professores, servidores e acadêmicos, o evento contou com a efetiva participação de representantes do setor cultural.
Autor de vários livros, João Aroldo Pereira é idealizador e coordenador do Salão Nacional de Poesia Psiu Poético, realizado anualmente em Montes Claros e que completa 31 anos ininterruptos em 2017, aberto oficialmente nesta quarta-feira (4/10) – Dia Municipal da Poesia.
Confira
Natural de Coração de Jesus (Norte de Minas), desde os 13 anos de idade Aroldo Pereira reside em Montes Claros, onde encontrou inspiração para escrever suas obras, como "Canto de Encantar Serpente", "Azul Geral", "Hai-kai Quem Quer" e "Doces Pérolas Púrpuras", publicadas na década de 1980.
O título de Doutor Honoris Causa é a mais importante distinção concedida pelas universidades em todo o mundo. A proposição da homenagem foi feita pelos professores e conselheiros Antônio Wagner Veloso Rocha e Mônica Maria Teixeira Amorim.
DEDICAÇÃO À ARTE
“Este é um momento ímpar e de grande honra para a Universidade. A outorga deste título em apreço se traduz na personalidade insigne pela dedicação à arte, especialmente por meio da poesia, a este norte-mineiro que tanto nos prestigia com sua preciosa arte”, afirmou o reitor João dos Reis Canela, ao enaltecer a homenagem a Aroldo Pereira.
Ele lembrou que “tradicionalmente, as universidades outorgam o título de Doutor Honoris Causa a beneméritos da humanidade, balizados especialmente pelo mérito por um trabalho desenvolvido em favor de um povo”. Nessa perspectiva, ressaltou, “para a Unimontes, agraciar o poeta Aroldo Pereira com o título honorífico de Doutor sagra-se como um compromisso de honra, numa singular oportunidade para a consolidação do reconhecimento à indelével representação desta nossa terra por este artista. A universidade escreve uma página extraordinária em sua história, em sintonia com a realidade do seu povo”.
O reitor enalteceu a atuação do homenageado em prol da valorização da poesia e da arte. “De ver-se que as qualidades intelectuais e artísticas deste grande artista podem ser atestadas por toda a sua trajetória e em âmbito regional e nacional, expressadas por sua singular dedicação e amor à cultura, refletidas em exitosas realizações, como o explícito a partir da idealização e coordenação do Salão Nacional de Poesia Psiu Poético, cuja qualidade de excelência lhe renderam destaque aos quatro cantos do nosso país”.
O professor João dos Reis Canela salientou que o poeta desenvolve trabalho junto aos alunos de escolas municipais com o objetivo de estimular a sensibilidade e a dedicação à prática constante da leitura da poesia, “o que, por si só, revela a grandeza e o seu estimável empenho na defesa da educação, da arte e da cultura”.
RELEVÂNCIA - O vice-reitor Antonio Alvimar Souza ressaltou a importância do trabalho do novo Doutor Honoris Causa da Unimontes. Também enalteceu a relevância da criação poética na vida das pessoas. “A poesia mexe com o ser humano e com a vida, faz bater no coração e renova a alegria de viver. A poesia abre as portas do mundo para o leitor. Ela incorpora ao leitor novas experiências”.
Ele mencionou as qualidades pessoais de Aroldo Pereira, “que, com certeza, honrará o título recebido da Unimontes”. Destacou, ainda, a projeção do Salão Nacional de Poesia Psiu Poético e a relevância social e cultural do evento.
Em seu pronunciamento, o poeta Aroldo Pereira agradeceu aos membros do Conselho Universitário. Ele aproveitou para fazer um resgate das suas lutas em defesa dos direitos dos cidadãos, dos trabalhadores do meio ambiente e “em defesa do ser humano”, além do trabalho pela valorização da poesia e da cultura.
Destacou que o titulo de Doutor Honoris Causa da Unimontes tem um sentido coletivo, pois sempre contou com o apoio e a solidariedade de outras pessoas. “Este título tem o significado de reconhecimento das lutas em prol de todos, não de benesses pessoais”, asseguro Aroldo Pereira, que aproveitou a oportunidade ainda para pedir apoio à realização do Salão Nacional Psiu Poético, que chega a sua 31ª edição em 2017, promovido no Centro Cultural de Montes Claros, com a exposição de trabalhos de poetas de todo País.
PRESENÇAS
A sessão solene do Conselho Universitário da Unimontes para a entrega do Título de Doutor Honoris Causa ao poeta Aroldo Pereira contou as presenças do subsecretário de Ensino Superior, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), Márcio Rosa Portes, e do secretário municipal de Cultura de Montes Claros, João Rodrigues, entre outras autoridades, pró-reitores, diretores, coordenadores de cursos da Unimontes e demais convidados. Entre os representantes da classe artística e do setor cultural, participaram o cantor e compositor Téo Azevedo e a cantora Fatel Barbosa, natural de Montes Claros e que hoje reside em São Paulo.“Recebo este título com a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranqüilo”. Com esta frase do compositor Walter Franco, o poeta e escritor norte-mineiro Aroldo Pereira expressou o seu sentimento ao receber o título de Doutor Honoris Causa, da Universidade Estadual de Montes Claros, em sessão solene do Conselho Universitário da Unimontes, nessa terça-feira (3/10).
A cerimônia, realizada no auditório Mário Ribeiro da Silveira (prédio 6 do campus-sede), foi presidida pelo reitor, professor João dos Reis Canela, ao lado do vice-reitor Antonio Alvimar Souza. Além de autoridades, integrantes da gestão superior, professores, servidores e acadêmicos, o evento contou com a efetiva participação de representantes do setor cultural.
Autor de vários livros, João Aroldo Pereira é idealizador e coordenador do Salão Nacional de Poesia Psiu Poético, realizado anualmente em Montes Claros e que completa 31 anos ininterruptos em 2017, aberto oficialmente nesta quarta-feira (4/10) – Dia Municipal da Poesia.
Confira
Natural de Coração de Jesus (Norte de Minas), desde os 13 anos de idade Aroldo Pereira reside em Montes Claros, onde encontrou inspiração para escrever suas obras, como "Canto de Encantar Serpente", "Azul Geral", "Hai-kai Quem Quer" e "Doces Pérolas Púrpuras", publicadas na década de 1980.
O título de Doutor Honoris Causa é a mais importante distinção concedida pelas universidades em todo o mundo. A proposição da homenagem foi feita pelos professores e conselheiros Antônio Wagner Veloso Rocha e Mônica Maria Teixeira Amorim.
DEDICAÇÃO À ARTE
“Este é um momento ímpar e de grande honra para a Universidade. A outorga deste título em apreço se traduz na personalidade insigne pela dedicação à arte, especialmente por meio da poesia, a este norte-mineiro que tanto nos prestigia com sua preciosa arte”, afirmou o reitor João dos Reis Canela, ao enaltecer a homenagem a Aroldo Pereira.
Ele lembrou que “tradicionalmente, as universidades outorgam o título de Doutor Honoris Causa a beneméritos da humanidade, balizados especialmente pelo mérito por um trabalho desenvolvido em favor de um povo”. Nessa perspectiva, ressaltou, “para a Unimontes, agraciar o poeta Aroldo Pereira com o título honorífico de Doutor sagra-se como um compromisso de honra, numa singular oportunidade para a consolidação do reconhecimento à indelével representação desta nossa terra por este artista. A universidade escreve uma página extraordinária em sua história, em sintonia com a realidade do seu povo”.
O reitor enalteceu a atuação do homenageado em prol da valorização da poesia e da arte. “De ver-se que as qualidades intelectuais e artísticas deste grande artista podem ser atestadas por toda a sua trajetória e em âmbito regional e nacional, expressadas por sua singular dedicação e amor à cultura, refletidas em exitosas realizações, como o explícito a partir da idealização e coordenação do Salão Nacional de Poesia Psiu Poético, cuja qualidade de excelência lhe renderam destaque aos quatro cantos do nosso país”.
O professor João dos Reis Canela salientou que o poeta desenvolve trabalho junto aos alunos de escolas municipais com o objetivo de estimular a sensibilidade e a dedicação à prática constante da leitura da poesia, “o que, por si só, revela a grandeza e o seu estimável empenho na defesa da educação, da arte e da cultura”.
RELEVÂNCIA - O vice-reitor Antonio Alvimar Souza ressaltou a importância do trabalho do novo Doutor Honoris Causa da Unimontes. Também enalteceu a relevância da criação poética na vida das pessoas. “A poesia mexe com o ser humano e com a vida, faz bater no coração e renova a alegria de viver. A poesia abre as portas do mundo para o leitor. Ela incorpora ao leitor novas experiências”.
Ele mencionou as qualidades pessoais de Aroldo Pereira, “que, com certeza, honrará o título recebido da Unimontes”. Destacou, ainda, a projeção do Salão Nacional de Poesia Psiu Poético e a relevância social e cultural do evento.
Em seu pronunciamento, o poeta Aroldo Pereira agradeceu aos membros do Conselho Universitário. Ele aproveitou para fazer um resgate das suas lutas em defesa dos direitos dos cidadãos, dos trabalhadores do meio ambiente e “em defesa do ser humano”, além do trabalho pela valorização da poesia e da cultura.
Destacou que o titulo de Doutor Honoris Causa da Unimontes tem um sentido coletivo, pois sempre contou com o apoio e a solidariedade de outras pessoas. “Este título tem o significado de reconhecimento das lutas em prol de todos, não de benesses pessoais”, asseguro Aroldo Pereira, que aproveitou a oportunidade ainda para pedir apoio à realização do Salão Nacional Psiu Poético, que chega a sua 31ª edição em 2017, promovido no Centro Cultural de Montes Claros, com a exposição de trabalhos de poetas de todo País.
PRESENÇAS
A sessão solene do Conselho Universitário da Unimontes para a entrega do Título de Doutor Honoris Causa ao poeta Aroldo Pereira contou as presenças do subsecretário de Ensino Superior, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), Márcio Rosa Portes, e do secretário municipal de Cultura de Montes Claros, João Rodrigues, entre outras autoridades, pró-reitores, diretores, coordenadores de cursos da Unimontes e demais convidados. Entre os representantes da classe artística e do setor cultural, participaram o cantor e compositor Téo Azevedo e a cantora Fatel Barbosa, natural de Montes Claros e que hoje reside em São Paulo.



Campanha Frete Grátis 2017 da Estante Virtual apenas até sexta, 29 de outubro

27 de setembro de 2017 1 Comentário


Cerca de 600 mil livros estão disponíveis para compra de livros pelo site, sem custo de envio para o comprador

O site Estante Virtual (www.estantevirtual.com.br), que comercializa livros usados e novos, lança a campanha Frete Grátis 2017, entre os dias 27 e 29 de setembro. São mais de 600 mil de livros no acervo disponíveis para compra, sem custo de envio para o comprador. Essa é a quinta vez que o site realiza essa campanha, que visa facilitar a compra de títulos pelos usuários da plataforma on-line e conquistar novos leitores. 

Mais da metade dos sebos e livreiros associados ao site estarão envolvidos na campanha, que em sua última edição alcançou a marca de mais de 30 mil livros vendidos em quatro dias. Nos últimos anos, portais como a Estante Virtual tornaram-se referência para aqueles que buscam segurar gastos, porém, em meio à crise econômica, a procura cresceu ainda mais e, com isso, os sebos parceiros também estão se beneficiando, numa bem-sucedida rede de economia colaborativa. Este ano, a Estante Virtual registrou a marca de 17,5 milhões de livros vendidos em todo o país, desde a criação da plataforma, em 2005.

A Estante Virtual é o mais democrático e-commerce brasileiro de livros, sendo reconhecida por exaltar a literatura e a arte brasileira. A plataforma on-line que transformou o mercado literário vende livros novos, seminovos e usados, a partir de R$ 3,00 (três reais), contribuindo expressivamente para a democratização da leitura, usando a tecnologia para conectar livreiros e leitores. 

{Resenha} Surreal - Na Sombra De Uma Dimensão Alana Mart

25 de setembro de 2017 1 Comentário
A resenha de hoje será de uma autora parceira do blog a querida Alana Mart autora de Surreal -Na Sombra De Uma Dimensão. Quem quiser saber sobre a autora, só clicar aqui, pra da uma olhadinha na entrevista que foi feita com ela.


SINOPSE:


Após perder seu amigo Jony,  Anne tenta seguir a vida como se nada tivesse acontecido, mas nada nunca é tão fácil. Quando conhece o misterioso Mart é que as coisas se dificultam ainda mais. Duma forma inesperada, Anne vai descobrir que Jony escondia muitos segredos e todos eles relacionados a ela. Conforme vai adentrando nesse emaranhado de segredos e mistérios, ela vai descobrindo que a linha que divide a vida e a morte é muito tênue, e a mesma não funciona da forma como imaginávamos.

Resenha: 

A personagem tenta viver toda a realidade, ainda que esteja perdida naquelas magoas e perdas do grande amigo. A história é gostosa de se ler, já que a autora prezou em narrar detalhe por detalhe, porém, sem deixar enjoativo ou desgastante.

Os perosnagens posteriores, se ligam de uma forma interessante, sem ser forçados ou coisa  do tipo. O que flui bem para os acontecimentos que de certa forma são constantes. Ela criou um ar de suspense agradavel diante de momentos como a carta que é encontrada na casa "shadows" ou o livro.

A trama pecorre, cada avanço em relação ao livro, simplesmente ti fazer devorar paginas após paginas. (Minha demora pela resenha, era muita coisa para organizar então..). Ela criou um ar bom sobre o Matt, você não sabe se torce pra ele ajudar ou se fica com medo de destruir tudo e ele se torna tal personagem que você já não gosta.

O livro é (pode ser) construido sobre algumas referencias e da pra nota-se no decorrer da historia, que ele é algo novo, nada semelhante ou algo assim, que proucura depender da história que ele teve a origem ou coisa do tipo. O que destaca bastante e contribui para o final deste.

Sobre os persongens, sao bem construidos, como citei a cima o Mart por exemplo ela soube mouda-lo bem causando aquela intriga entre a gente. (Cuidado com quem torça ou shippa.) A Anne da mesma forma, ao ler transmitia tudo que ela passava, não só pela narração da autora, mas pela personage em ci.

O livro tem um design bonito, (juro que a autora esteja na capa), as letras bem agradeveis de se ler, sem ser cansativas, maracadores lindos. So senti falta do autografo kkkk.


Se gostou da resenha, clica aqui embaixo onde vai ter onde encontar o livro e vem descobrir sobre Surreal - Na Sombra de Uma Dimensão. Comenta aqui se gostou ou se não, diz o que acha que precisa melhorar nas resenhas. Fica a seu criterio!


Compre aqui : Editora Costelação Editorial.



Um grande abraço do Paulo e até a próxima! 

 
Desenvolvido por Michelly Melo.