26 de janeiro de 2018

{Resenha} Toma-me - Lysa Moura

Mais uma resenha aqui. Será de uma das obras da Autora Lysa Moura, publicado pela Editora Sonho De Livro parceira incrível do blog. O livro faz parte de uma #booktour, onde cada parceiro fica um determinado tempo com cada obra. Uma atitude maravilhosa da editora e autores (as)!







Sinopse: Ela não tem nada.
Ele tem tudo.
Ela morava na rua.
Ele em uma mansão.
Ela é quente.
Ele é frio.
Ela tem coração.
Ele não.
Ela precisa ser amada.
Ele precisa amar.
Ela estava no fundo do poço.
Ele a salvou.



Mia Black perdeu tudo que tinha, agora morando na rua, ela faz de tudo para sobreviver, seus sonhos foram despedaçados, sua vida foi se desmoronando até que nada lhe sobrasse, apenas a dignidade. Ela sabe quais são os seus limites e até onde ela pode ir para viver. Perdida em um mundo onde só sobrevive quem for mais forte, Mia aprende que a confiança é a única coisa que ela pode ter e que quando você realmente confia em alguém, esse alguém pode ser seu porto seguro. Mas o que é preciso passar para poder confiar?


Connor Willians é um homem frio que não mede esforços para conseguir o que quer, e também não tem pena de nada, nem ninguém, e para ele é; se você quer algo corra atrás, se não morra de fome, até que tudo o que ele acreditava se perder em uma simples e bela moradora de rua.”


Considerações: 

Toma-me é uma história intensa. Isso fica bem claro na sinopse acima. Os conflitos inciais na obra foram bem narrados. O medo da Mia em confiar alguém, afinal de contas ela passou por muitos problemas morando na rua. Connor, um homem decido e frio. Quase dois opostos impossíveis

A narrativa é boa, uma história intercalada entre cada protagonista. O ponto de vista sobre cada momento fica explicito em cada cena, capitulo ou momento. A historias teve grandes tensões dois quais bem narrados pela autora. As vezes uma hora ou outra a gente se perdia nos diálogos. ( Isso no meu caso.) 



Existe uma perseguição, existe uma aceitação de si mesmos (Mia, Connor), um aprendizado, amadurecimento e mudança do personagens. Um ponto bem surreal, é o amor dentro da história, ele foi capaz de tornar caminhos diferentes ali. 

Em alguns momentos da leitura eu me perdia. Mas, isso pode ser justificado pela intensidade ali. A gente se comove com o que se passa dentro da história e as vezes nos sentimentos parte dela. Algo bem executado pela autora. É um romance, que aborda fatos, proximidades com a realidade. 

O fator principal é que, amar é amar, sem porem!

Toma-me é realmente uma entrega. Não só da Mia ou Connor, mas sim de si mesmo. Existe momentos onde precisamos acreditar em nós mesmos, nos nossos potenciais e até no amor. Seguir o coração pode definir o futuro melhor. 

Não tenho o que queixar da leitura ou do livro. As paginas são lindas, bem decoradas e sensíveis. Não encontrei se quer um erro ortográfico, o livro é de excelente qualidade, uma  trabalho bem feito pela Editora Sonho de Livro. E Lysa, a sua dedicatória foi maravilhosa! 

Indico muito para quem ama esse gênero e se não, dê essa chance a esse livro. Pode amar e querer eles pra si. Eu queria ficar com o livro, mas é parte da book tour, então com muita tristeza e alegria ele vai para uma outra leitora. 




Sobre a Autora: 

                                                                     (Foto Divulgação da Editora) 


Elisa Mariana, conhecida por Lysa Moura nas redes sócias. Começou a escrever aos 18 anos e nunca parou. Seu segundo livro teve mais de 3 milhões de leitura. 
Acredita que sonho podem sim virar realidade se você batalhar por eles. A fé move montanhas.


Vão encontrar Toma-me físico pelo site da Editora Sonho De Livro. E versão ebook na Amazon

Se gostaram da resenha comenta aqui em baixo o que achou dele. Compartilhe com os amigos e ADQUIRA O SEU!! (Desculpe os caps) 



                                                     Um Grande Abraço!!

2 comentários:

  1. Oii Paulo, tudo bem ? Amei a resenha e a proposta do livro, ainda mais por ser narrado pelo ponto de vista dos dois protagonistas, amo quando a autora faz isso, e parece ser um livro lindo.
    -Beijos,Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Suba